Estado não consegue vender Ebal/Cesta do Povo

 

 

Foi adiado mais uma vez, pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, o leilão da Empresa Baiana de Alimentos (Ebal), responsável pela Cesta do Povo, que seria realizado na manhã desta quinta-feira, dia 15 de março, no Centro Administrativo da Bahia.

A nova data é 11 de abril. Desde 2015, o Governo do Estado tenta vender a Ebal, mas não consegue. Somente em 2018, já foram três adiamentos para garantir aos interessados mais tempo para se preparar e apresentar as propostas.

Não há informação do valor mínimo, mas o governo estima a dívida da Ebal em cerca de R$ 40 milhões. Em dezembro do ano passado, uma ação civil do Ministério Público do Trabalho (MPT), determinou que a Ebal readmita mais de 1.700 funcionários demitidos da Cesta do Povo. (Por Ronildo Brito - TN)



Notícia Postada em 17/03/2018
Comente esta notícia: