Com Gol de Dentinho Timão estréia com vitória.

Com gols no segundo tempo, Corinthians faz 3 a 0 no Guarani e começa bem o Estadual

 

Foram 13 reforços desde o rebaixamento para a Série B do Brasileiro, mas quem mais uma vez resolveu para o Corinthians foram velhos conhecidos da torcida. Com dois gols de Finazzi e um Dentinho no segundo tempo, o Timão começou 2008 dando esperanças ao torcedor e venceu o Guarani por 3 a 0, nesta noite de quinta-feira, no Morumbi, pela primeira rodada do Campeonato Paulista. Com o resultado, o Alvinegro repete o desempenho dos principais rivais na competição, Palmeiras e São Paulo, que também começaram a temporada com vitória. Na próxima rodada, o Corinthians enfrenta o São Caetano, domingo, às 18h10m, em Mogi Mirim. Já o Guarani recebe o Bragantino, no mesmo dia e horário, no Brinco de Ouro, em Campinas. Timão começa sufocando A forte chuva que caiu sobre o Morumbi antes da partida não diminuiu o ímpeto dos jogadores do Corinthians. Querendo mostrar serviço para a torcida, o "novo" Timão encurralou o Guarani nos minutos iniciais e quase marcou com Finazzi, aos quatro, acertando o travessão em cabeçada após falta batida por Eduardo Ratinho. A pressão alvinegra, porém, durou pouco. Com Marcel e Alessandro criando pouco, o Corinthians passou a depender da chegada dos volantes e de lançamentos longos para acionar os atacantes. Para piorar, o Guarani passou a se arriscar no ataque e por pouco não marcou, aos 23, depois que o zagueiro Max Sandro cabeceou e Felipe espalmou. O Timão só conseguiu assustar novamente, aos 33, quando Perdigão deu um chutão para a área, Finazzi dominou, driblou, mas foi travado na conclusão. Aos 44, foi a vez de Acosta receber pela esquerda, girar sobre a marcação e bater nas mãos de Bruno. No minuto seguinte, o uruguaio cruzou para Finazzi pegar de primeira e o goleiro desviar para escanteio. Corinthians fura o bloqueio do Bugre Na volta do intervalo, o Corinthians manteve a estratégia de sufocar nos primeiros minutos. E, mais uma vez, a trave impediu o gol. Logo aos dois, o lateral-esquerdo André Santos cobrou falta e carimbou o travessão. Para melhorar o poder de criação, o técnico Mano Menezes sacou Marcel e colocou o garoto Dentinho. A mudança não só surtiu efeito como garantiu a vitória. Aos 20, Dentinho cruzou, o goleiro Bruno espalmou, mas a bola bateu em uma das pernas de Finazzi e foi para o gol vazio. Com mais espaço para jogar, o Corinthians não demorou a ampliar. Seis minutos mais tarde, Acosta avançou pela direita e cruzou na segunda trave para Dentinho desviar de barriga, no canto direito da meta adversária. No final da partida, aos 43, o lance mais polêmico do jogo. Dentinho invadiu a área pela esquerda e dividiu com Max Sandro. Ainda no chão, o atacante foi agredido pelo zagueiro do Bugre e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Finazzi precisou bater duas vezes para fechar o placar. Fonte: Globo Esporte

Notícia Postada em 17/01/2008
Comente esta notícia: