Morre em troca de tiros com a polícia bandido envolvido na morte do Sargento Dalvino

 

Francisco Almeida Jr, 23 anos, conhecido como Arara, com passagens pela polícia, um dos bandidos envolvidos no assassinato do Sargento Dalvino da Polícia Militar, durante troca de tiros com policiais da 7ª CIPM e da CIP Mata Atlântica (Caema) na manhã deste sábado (8) na localidade de Colônia, foi atingido e levado para o Hospital Geral do Estado por volta das 08h50, onde não resistiu e veio a óbito. Um dos comparsas conhecido como Léo, se entregou e está preso no Complexo Policial em Eunápolis. O Sargento Dalvino Ferreira Magalhães, 46 anos, foi atingido mortalmente na tarde de sexta-feira (7) no centro da cidade de Eunápolis, com tiro no peito, num crime praticado por quatro elementos, que chocou toda população e teve grande repercussão na imprensa. Desde ontem tarde, policiais da 7ª CIPM e da Caema fecharam o cerco na região da Colônia na caça dos bandidos envolvidos no assalto. Segundo o comandante da operação, capitão Marcos Laurentino, a PM recebeu informações através de populares de que Arara estava escondido em um salão de beleza. Ao ser abordado, o bandido recebeu os policiais a tiros. No confronto, Arara levou a pior. A arma do sargento foi recuperada. Outros dois bandidos envolvidos no assalto fugiram antes da chegada da polícia ao distrito da Colônia. click101

Notícia Postada em 08/11/2014
Comente esta notícia: