Mãe e padrasto presos inocentemente por desaparecimento de filhos clamam por informações

 

Nossa equipe de reportagem foi até o Bairro Liberdade, mais precisamente na casa da senhora Valdirene Santos Rocha, onde há mais de 08 anos, ela busca informações sobre os seus dois filhos, que no ano de 2006, desapareceram misteriosamente no referido bairro. Clebson Rocha da Silva, que tinha na época 05 anos de idade e Cleiton Rocha da Silva, que tinha 03 anos de idade, nunca mais foram vistos e a família não tem nenhuma pista do paradeiro dos mesmos. Após o sumiço dos jovens, a polícia investigou o caso e prendeu a senhora Valdirene, e o seu atual marido, Carlos. Na ocasião, os dois foram apontados como sendo responsáveis pelo sumiço das crianças. O casal passou 30 dias presos e, na época, a senhora Valdirene estava grávida, e relata que viveu dias horríveis, os quais motivam pesadelos até a data de hoje. Após os 30 dias, o casal foi liberado, e então começou o dilema de procura e buscas de informações sobre o paradeiro das crianças. Até hoje a família tenta entender por que, mesmo sofrendo com o sumiço dos filhos, o casal passou por tanta humilhação, tortura e ficou preso por tantos dias, passando por momentos de horror na cadeia. Cartazes e campanhas foram feitas, e até hoje, 08 anos após o desaparecimento das crianças, nenhuma informação sobre as mesmas foi passada à família. Clebson na presente data teria 13 anos de idade, e seu irmão Cleiton faria no próximo dia 11 de novembro, 12 anos. A mãe, em entrevista emocionada à nossa reportagem, relatou sobre as noites em que passa acordada, junto com o marido, buscando respostas, e tentando entender o porquê de tudo isso. “Eu choro junto com meu marido, pois não dar para aceitar. Eu fui acusada de ter sumido com meus filhos”, lamentou a mãe. “Eu perdi um pedaço de mim, e eles me prenderam, prenderam meu esposo, passamos 30 dias enjaulados como criminosos, e depois nada mais foi dito sobre meus filhos”, desabafou a mãe emocionada. Com a publicação da foto dos jovens, a mãe acredita que pode ter alguma informação sobre os seus filhos, a quem ela pede proteção diariamente. “Na igreja, eu faço minhas orações, campanhas, pedindo Deus que proteja meus filhos, pois mamãe os ama, e os quer de volta, Peço Deus uma resposta, pois não vou desistir nunca de encontrá-los, sou analfabeta, pobre, mas eu e meu esposo somos honestos”, disse. Ainda segundo a mãe, ela o esposo são pessoas de bem, e acreditam na lei de Deus. “Peço a todos que puderem, me ajudem a encontrar meus filhos”, apelou a genitora. Nossa equipe acompanha de perto o sofrimento e luta do casal em busca de respostas, inclusive a senhora Valdirene, aterrorizada com tudo que passou, vem sofrendo de depressão, e hoje tem medo de sair de casa, ficando presa em seu domicílio, saindo apenas para ir à igreja, que fica próxima à sua residência. Nossa equipe irá procurar o Coordenador da Polícia Civil, Marcus Vinicius, e buscará informações sobre o caso dos filhos da senhora Valdirene. Liberdadenews

Notícia Postada em 06/11/2014
Comente esta notícia: