Homem envolvido em troca de tiros com a PM é preso por tráfico

 

Na noite da última terça-feira, 4 de novembro, policiais civis da Delegacia de Tóxico e Entorpecentes (DTE), de Teixeira de Freitas, faziam uma busca no bairro João Mendonça quando apreenderam Tiago Santos de Brito, de 22 anos, com uma certa quantidade de cocaína e ácido bórico. Segundo informações do delegado titular da DTE, Marco Antônio Neves, Tiago é acusado de participação no tráfico de drogas e de envolvimento no roubo do carro do cabelereiro Wallas da Silva Neves, 24 anos, que desapareceu no dia 22 de outubro e foi encontrado morto na manhã do dia seguinte, na cabeceira da antiga Ponte Getúlio Vargas, próximo ao Trevo de Jataipeba. O carro, um Fox placa OYK 3727, licenciado em Linhares, foi recuperado na Rua João Amaro Gomes, no Tancredo Neves durante uma operação da Caema, realizada no dia 28 do mês passado. O veículo estava sendo conduzido por Jailson Pereira de Jesus que teria comprado o Fox na mão de Tiago pela quantia de R$ 13.000 (treze mil). Ainda de acordo com a polícia, Tiago também estaria envolvido em uma troca de tiros com a Polícia Militar. O acusado estava na companhia de uma menor e mais dois homens desconhecidos que atiraram contra a viatura policial. Durante o tiroteio, Tiago abandonou a menor e depois, durante a fuga, abandonou o carro que foi apreendido pela polícia. Ele e os outros dois suspeitos conseguiram escapar. No dia seguinte, o acusado foi até a delegacia e registou uma ocorrência de um falso roubo do carro. Na ocorrência ele contou que havia alugado o Pálio placa MTD 9164 e mentiu afirmando que o veículo havia sido tomado de assalto próximo a rodoviária nova, os falsos ladrões também teriam lhe obrigado a dirigir até o lixão na saída para Medeiros Neto, onde ele e a esposa foram abandonados. A falsa comunicação de crime serviria para recuperar o carro e isentá-lo de qualquer participação ou envolvimento na troca de tiros do dia anterior, mas a mentira foi descoberta dias depois pelo Serviço de Inteligência da Polícia Civil. Tiago já estava sendo investigado desde setembro pela DTE, inicialmente por tráfico, porém os outros crimes continuam sendo investigados pela Polícia Civil. Sulbahianews

Notícia Postada em 05/11/2014
Comente esta notícia: