Filho de brasileiros, jovem de 12 anos é um dos destaques no NY Red Bulls

 

Apenas 12 anos de idade e Andrew Maia já é uma das grandes sensações das categorias de base do New York Red Bulls. Filho de pai carioca e mãe baiana (Itanhém), o jogador começou a dar seus primeiros passos no mundo da bola com apenas oito anos, em uma escolinha de New Jersey, onde mora. No ano seguinte, após se destacar pela antiga equipe, foi convidado para treinar na TSF Academy, famosa por revelar atletas para os grandes clubes norte-americanos, onde ganhou uma bolsa. E foi lá que o pequeno Andrew começou a despontar. Após algumas excurções do time, a jovem promessa passou a ser monitorada por gigantes europeus como Real Madrid, da Espanha, e o Liverpool, da Inglaterra, antes de acertar com o NY. As boas atuações o levaram também a ser convidado pela Federação Norte-Americana de Futebol a treinar com o grupo de atletas do sub-12. Uma espécie de peneira com os melhores jogadores das academias já visando a seleção nacional de base.

"Ele jogou pelo TSF contra o Red Bulls e de cara já o convidaram. Como não precisaríamos sair do país e por ser um clube muito organizado, aceitamos. Aí o destaque só aumentou, pois a visibilidade em cima dele é ainda maior.", disse o pai da jóia, Marcelo Maia, ao LANCE!Net. Mesmo tendo nascido nos Estados Unidos, Andrew não esconde que o grande sonho é o de defender a Seleção Brasileira, já que possui dupla nacionalidade. "É meu sonho! É o país do futebol! Quem não gostaria?", disse o pequeno Andrew. Apesar da vontade do garoto e da família, Marcelo sabe das dificuldades que o filho irá enfrentar para realizar este sonho. "No Brasil brotam craques do chão e ele está longe dos olhos do público daí. Aqui é muito bem tratado, como uma jóia! Não sei se conseguiríamos ter este mesmo tratamento em algum clube do Brasil, infelizmente. Sou flamenguista, queria ver ele pelo meu time de coração, mas sabemos das dificuldades.", lamentou Marcelo. Fonte: LANCENET

Notícia Postada em 29/08/2014
Comente esta notícia: