Ex-percussionista da Pagodart se envolve com drogas e é preso

 

No domingo (21), o músico chegou ao fundo do poço. Ele foi perseguido e detido por populares depois de roubar o celular de uma mulher dentro de um ônibus na Avenida San Martim, em Salvador. Entregue para policiais, Alírio foi apresentado na base do Grupo Especial de Repressão a Roubos em Coletivos (GERRC), onde foi preso em flagrante pelo crime de roubo. Ele é pai de duas garotas. Ele confessou o assalto e atribui ao consumo da maconha, cocaína e crack a necessidade de cometer o crime para manter o vício. A justificativa para o roubo não o absolveu e ele permanece preso à disposição da Justiça. Alírio foi um dos músicos envolvidos no grave acidente envolvendo o ônibus que transportava 28 integrantes da banda Pagodart. Três pessoas morreram – entre elas o empresário Carlos da Silva Ferreira, 39, irmão do ex-jogador Edílson. O acidente aconteceu na BR-116 em 2004. Além do irmão do atacante, morreram o saxofonista Divaldo Carvalho Antero, 21, e o técnico de palco Ednilson Barbosa Santos, 20. Alírio foi submetido a uma cirurgia no Hospital Clériston Andrade, em Feira de Santana. Os integrantes da Pagodart voltavam de um show em Brasília. Bocão News

Notícia Postada em 21/07/2014
Comente esta notícia: