Acusado de matar adolescente a facadas em Medeiros Neto é preso pela polícia capixaba

 

O acusado de assassinar cruelmente uma adolescente de 14 anos na cidade de Medeiros Neto, no último dia 22 de dezembro de 2013, foi preso por policiais militares da 5ª CIA do 13º Batalhão de São Mateus. Trata-se de Paulo Augusto Meira Barros de 23 anos, vulgo “Dutão”, que foi preso nesta segunda-feira (09), por volta das 13h00. “Dutão” era ex-namorado da adolescente Milena Meireles Lopes, e na noite do crime, a Milena estava em uma festa, organizada por amigos dela e do Dutão. A festa era para recepcionar um amigo que mora em Belo Horizonte e se encontrava na cidade. Na ocasião, o assassino matou a vítima logo após ela ter tirado algumas fotos com os amigos. O crime aconteceu em uma residência na Vila Ronaldo, às margens da BA 290. Por ciúme, Dutão desferiu vários golpes contra a jovem, que mesmo tentando correr, não escapou da violência cometida por ele, e morreu no local. Após o crime, o acusado se embrenhou no mato e fugiu. A PM empreendeu buscas, mas não conseguiu prendê-lo. Dutão já havia tentado contra a vida da menor em outro momento, e todos sabiam que ele a agredia. Desde o momento do crime, ele era procurado pela polícia e foi preso na cidade de Jaguaré, no norte do Espírito Santo. Através de denúncias anônimas de que o assassino estaria na cidade, a PM de Jaguaré não mediu esforços para chegar ao acusado. O acusado encontra-se detido na delegacia da cidade capixaba, e o delegado titular de Medeiros Neto, Dr. Sanney Simões, está providenciando a transferência do homicida. Ainda pesa sobre o acusado, o crime de pedofilia, pois é de conhecimento da Justiça, que o acusado mantinha relação com a vítima desde 2009, quando ela tinha apenas 10 anos de idade. Por: Edvaldo Alves/Libardadenews

Notícia Postada em 16/06/2014
Comente esta notícia: