Apagão: presos iniciam motim e PEOT impede tentativa de rebelião

 

Presos da cadeia local de Itamaraju iniciaram uma tentativa de rebelião na noite deste domingo, 24 de novembro, no interior das alas A e B, das carceragens. Segundo informou a polícia, era por volta das 19 horas, quando os detentos iniciaram uma gritaria e arremesso de objetos. Os presos também chutavam grades e ameaçavam os policiais de plantão. O motim ocorreu após a falta de energia elétrica na cidade, o apagão gerou revolta. A Polícia Militar foi acionada e a 43ª CIPM encaminhou o PEOT (Pelotão de Emprego Operacional Tático), que com diversos artefatos de segurança, adentraram a unidade prisional, após duas horas de negociação, a situação foi normalizada e a PEOT realizou uma revista geral na unidade prisional. Durante a revista foram encontrados diversos objetos “armas artesanais”, cinco aparelhos de celular, cinco papelotes de cocaína, uma bucha de maconha, duas baterias de celulares, um carregador universal, além de um cachimbo artesanal para consumo de entorpecente. Os presos foram colocados na área utilizada para banho de sol, enquanto a revista era realizada. A ação foi acompanhada pelo investigador plantonista Jackson Rosa, que também ouviu as reivindicações dos detentos. O delegado titular Gean Nascimento foi informado sobre o motim, onde deverá solicitar transferência de alguns condenados para o Conjunto Prisional de Teixeira de Freitas, pois as celas ficaram completamente destruídas. Fonte:ItamarajuNoticias

Notícia Postada em 25/11/2013
Comente esta notícia: