Batatinha pega 20 anos pelo assassinato do menor Raí Santos em Itanhém

 

Por Itanhemfest

Aconteceu em Itanhém na última terça-feira (26/3), na Casa da Cultura de Itanhém, o júri de Jonas Carlos Rodrigues, mais conhecido como Batinha, pelo assassinato do menor Raí Santos, em 2010. O júri foi presidido pelo juiz titular da Comarca de Itanhém Ricardo Costa e Silva, estando na tribuna de acusação o promotor Fábio Fernandes Correa e na tribuna de defesa o advogado Jean Prates. Por maioria de votos, os jurados decidiram que Batatinha foi o autor dos golpes que vitimaram o menor Raí Santos. O juiz fixou a pena base em 15 anos e, pelo histórico do crime e demais prerrogativas do acusado e do crime, fixou a pena final em 20 anos, a ser iniciado em regime fechado. A qualificadora de “Meio que dificultou ou impossibilitou a defesa da vitima” não foi acolhida pelos jurados. Matérias relacionadas Delegado diz que Batatinha matou o menor por vingança Está acontecendo hoje em Itanhém o júri de Batatinha pelo assassinato do menor Raí Santos

Notícia Postada em 27/03/2013
Comente esta notícia: